Friday, August 04, 2006

O Quilombo São José da Serra




O quilombo São José da Serra é uma comunidade descendentes de escravos que está localizada no interior do estado do Rio de Janeiro, na cidade de Valença, e faz parte de um universo quilombola de 13 comunidades no estado e mais de 1000 comunidades espalhadas por todo o Brasil.
Quilombo não é algo que fazia parte apenas do nosso passado escravista. Tampouco se configura como comunidade isolada, no tempo e no espaço, sem qualquer participação na sociedade. Pelo contrário, hoje as comunidades mantêm se vivas e atuantes, divulgando sua cultura negra, e lutando pelo direito de propriedade de suas terras consagrado pela Constituição Federal desde 1988.
O Quilombo São José existe a cerca de 150 anos e é o mais antigo do estado. Cerca de 200 quilombolas moram no local, em suas casas de adobe ou pau-a-pique e telhado de palha. O trabalho em conjunto na agricultura de subsistência, o catolicismo, a umbanda, o artesanato tradicional, o fogão à lenha, o Jongo e o Terço de São Gonçalo fazem parte do cotidiano dos moradores desde a chegada dos seus antepassados na fazenda, por volta de 1850.
Nessas terras, os negros de São José constituíram um núcleo religioso e cultural procurado não só pelos moradores das cidades próximas, mas de vários outros pontos do Brasil e do mundo que visitam a comunidade ao longo do ano.
Visitar São José é uma viagem ao passado com direito à uma bela receptividade de seus senhores, senhoras, jovens e crianças que nos recebem com alegria, simpatia e satisfação, sempre convidativos a nos sentar nos sofás de suas casas, tomar um café, e passar uma bela tarde de conversa.



















































21 Comments:

Blogger Gilberto Silva said...

A fotografia é cpaz desas coisas, pelas imagens agora, conheço um pouco da história deles.

5:03 AM  
Anonymous Marcos André said...

Parabens Fernando, parece que voce morou lá durante um ano. me emocionei de vier meus irmão retratados com tanta beleza, tanta sensibilidade. Obrigado ! Grande abraço, Marcos André

4:30 AM  
Anonymous aline said...

gostei muito das fotos, muito mesmo! Parabéns! A que eu mais gostei é a da sombra da igreja com o menino. Ano passado no 13 de maio, eu estive lá e também tirei algumas. ;-)

7:28 PM  
Blogger Isabel said...

Parabéns por esse blog, está bonito demais. Muito importante a valorização de comunidades como essa para a fortificação da luta pela terra em todo território nacional.

4:19 AM  
Blogger andre luis de paiva whately said...

Realmente as fotos são de uma beleza rara, eternizando um momento tão importante da nossa história.
Estou muito afim de conhecê-los.
André.

6:02 PM  
Anonymous Anonymous said...

Olá! Eu gostaria de comprar o CD ou DVD (caso vocês tenham) do Jongo de Valença, mas não encontro em lugar nenhum da net. Estou tentando comprar on-line por que aqui onde moro (Fortaleza/Ceará) não vou encontrar mesmo! Alguma dica de onde eu vou achar?
Ah! e parabéns pelo blog...
Lindas fotos!

7:21 AM  
Blogger Ms. Valéria Plaisant said...

Olá, parabéns pelo trabalho. Gostaria de saber como fazer para visitar a comunidade de São Josè da Serra com meus alunos do Ensino Médio. Estamos fazendo um projeto sobre mudanças de clima e nosso próximo tema será sobre agricultura. Gostaríamos de saber em relação a todos os tipos de plantações que há na coomunidade.

8:34 AM  
Blogger Ms. Valéria Plaisant said...

Olá, gostaria de saber como posso agendar uma visita a comunidade de Sâo José da Serra.Sou professora de uma escola estadual de ensino médio e estamos desenvolvento um projeto sobre mudanças climáticas. Nosso objetivo é saber sobre atividades com a agricultura plantada no local. Estamos coletando informações sobre doces caseiros de compotas.
Aguadarei uma resposta positiva por email: v_plaisant@oi.com.br
Parabéns pelo blog.

5:20 PM  
Blogger Ms. Valéria Plaisant said...

Olá, gostaria de saber como posso agendar uma visita a comunidade de Sâo José da Serra.Sou professora de uma escola estadual de ensino médio e estamos desenvolvento um projeto sobre mudanças climáticas. Nosso objetivo é saber sobre atividades com a agricultura plantada no local. Estamos coletando informações sobre doces caseiros de compotas.
Aguadarei uma resposta positiva por email: v_plaisant@oi.com.br
Parabéns pelo blog.

5:21 PM  
Anonymous Alini Fuloni said...

Fotos maravilhosas. Parabéns ao profissional.

9:21 AM  
Blogger delatora said...

Muito boas fotos!
também estou fazendo um trabalho de fotografia lá... é um universo muito rico, com pessoas boas de verdade.
adorei!

2:48 PM  
Blogger suelen said...

ADOREI AS FOTOS...
FICARAM LINDAS...
ESTIVE LÁ E PUDE PRESENCIAR ESSAS PESSOAS MARAVILHOSAS...UM GRADE ABRAÇO...

12:16 PM  
Blogger Roberto said...

Imagens impactantes, fiquei emocionado, O Brasil precisa conhecer mais o seu passado.
Simplesmente lindo!

3:15 PM  
Anonymous Anonymous said...

mt linda as fotos, estive nesse quilombo em 16 maio de 2009.
Gostaria que o Projeto incluir do goverdo federal junto com uma Universidade mais perto da comunidade, olhasse para a saúde desse povo. La tem um menino que quase não encherga, fiquei mt preocupada, A Infe, UFF, poderia chegar mais, e levar essa criança até um banco de olhos. O menino poderá desenvolver-se plenamento desde q tenha ajuda. obrigada. Eva RS. salvadorilha@yahoo.com

11:48 AM  
Blogger Carol Andrade said...

Gostaria de utilizar algumas de suas fotos na minha monografia, que trata sobre a teatralidade presente no jongo. Responda pelo email, se possível: carolineacunha@yahoo.com.br
Desde já agradeço! É de muita sensibilidade e qualidade seu trabalho.

8:42 AM  
Blogger fabiana said...

Este é um dos lugares mais lindos que já conheci e com uma força magnetismo que só encontrei neste lugar.
Parabéns a todos que lá moram e lutam para manutenção de nossa cultura afro-brasileira.

7:02 PM  
Blogger Jader Moraes said...

Fantásticas as fotos!
Realmente, través delas foi possível conhecer mais dessa comunidade, desse povo...

Mais que isso: estou com muita vontade de conhecer pessoalmente. Como posso fazer?

7:54 AM  
Blogger Rezzini Representações said...

Salve!
Meu nome é Carlos Alberto e desde cedo ouvi falar no Quilombo São José.
Freqüento desde pequeno, Valença (...onde reside toda família de meu pai) e Conservatória, sempre ouvindo sobre o respeito à tradição e as raízes deste local e o seu “povo”, o que sempre me acendeu uma imensa curiosidade.
Hoje, com 42 anos, me tornei UMBANDISTA (há cerca de 8 anos) e gostaria de saber mais sobre a sua história e, conhecer, se possível, o Quilombo. Soube também, em Valença, que existem festividades em determinadas épocas do ano. Existem outros motivos de ordem pessoal e espiritual que me levam a procurá-los.
Podem me enviar informações?....se possível me enviar algum número de telefone para que possa me comunicar?
obrigado
carlosabruzzini@msn.com /

11:25 AM  
Blogger jessica beatriz said...

Estive recentemente neste quilombo com um grupo da faculdade e é realmente fantástico.Um contato com a nossa cultura que todos deveriam ter.

11:55 AM  
Blogger Jussara said...

Estarei no quilombo no próximo final de semana com um grupo da UFJF. Estou ansiosa!!! Bjs!!!

9:31 AM  
Blogger Ludmilla said...

Que alegria em achar esse blog! sou de Conservatória, pertinho de lá! a festa já faz parte da comemoração do meu aniversário que é no mesmo mês! fiquei cheia de saudade, vi nas fotos pessoas proximas da minha familia, vou passar uma foto p/ as filha dele...
Não sei se vou fds que vem! mas que seja alto-astral como sempre! se precisarem de informações, eu posso ajudar!

6:47 PM  

Post a Comment

<< Home